os momentos despendidos aqui são de reconciliação com a vida

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Uma postagem bêbada às 04:10

Acontece que do tempo nós temos o instante.
Efêmero e insolúvel, brilha atordoante
No eterno que nos cerca.

O acontecimento encerra
dentre o devir de instante
e o entrevir momentâneo

o inferno que cerca os
umbigos errantes.

As certezas são infernais,
preferia não tê-las,
mas a realidade bate em minha porta
e eu já não sei mais não amar.


Está tudo bem, fora a clareza
das certezas amargamente ocultas,
e não sei nada além.

Como amar?

Pergunta fulha da puta,
Faça-me ao menos divertir
e estontear.

2 comentários:

  1. Enivrez-vous!!!

    Vinho, poesia E virtude!

    ResponderExcluir
  2. Eles se amam de qualquer maneira, Vera
    Eles se amam é pra vida inteira, Vera
    Qualquer maneira de amor vale o canto
    Qualquer maneira me vale cantar
    Qualquer maneira de amor vale aquela
    Qualquer maneira de amor valerá

    ResponderExcluir