os momentos despendidos aqui são de reconciliação com a vida

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Dormir

dormir para limpar

tirar o asco de necessitar o contato

dormir para esquecer o vício

virar do avesso e se pá lembrar

do que passou, do início

não saber de fato qual foi o ato

mas ter certeza do contato

que refresca como refresco

que cose a memória e aviva

VIVA! viva a celebração da amizade

viva essa merda dessa idade

que afasta os sonhos e as verdades

que me faz néscio e sem vontade

sem pique, na realidade

quero ter mãos trêmulas para escrever

ver o peso das palavras porque elas estão cheias de significado

beijar minhas memórias meus amigos meus amores

e compartilhar como pão miolo casca

tudo aquilo que de mais profundo nasça

espanto meus temores

como espantaria tigres gigantes dos arredores

e jogo os dados

sem ter interferência em nada que não seja tudo

hoje o mundo muda

mudo calado sem roupas nú no fumaçê das invejas e do medo

medo que muda pra poder não escrever poesia pra ser poesia

porque a missão para que nasci é ser poema e viver poema e morrer poema

e ter certeza que vivi verdaeiramente

3 comentários:

  1. dormir para sonhar
    para sumir
    para parar de consumir
    para abreviar tudo o que separa
    pra anuviar tudo o que repara
    e descansar.

    PRECISAMOS do sonho
    acordados ou dormindos
    do poema mais utópico
    e da vida mais poética.

    precisamos levitar as palavras pesadas de significados
    precisamos dos neologismos
    das apropriações indevidas
    de paralelepípedos
    escatologias
    e onomatopéias.

    com a obstinação de um punk
    quero que toda água seque
    para que morramos afogados
    em burocracia.

    os embates do dia-a-dia
    cansam o corpo, sim
    mas matam nossa alegria.
    quem me dera comer capim
    dar leite e pastar
    e isso me bastar.

    (tampouco acho que elas estão felizes)

    a poesia expia os pecados e sofrimentos
    é minha confissão perante o eterno
    e o efêmero
    é o flagelo e a busca
    a expressão e o caminho
    sem dogma, sem deus, sem dívida e temor
    mas com o coração pleno
    de mãos atadas
    com meus amigos-irmãos do peito.

    ResponderExcluir
  2. Dormir para acordar
    Para escrever ante o medo
    Para enfrentar capetas
    Para ser amigo deles
    Pra ser amigo delas

    Para ser

    Dormir para acordar
    mais verdadeiramente
    E ser aquilo
    que nunca imaginei que seria
    Mas que sempre soube que fui

    Nada além

    Dormir para acordar

    E caminhar.

    ResponderExcluir
  3. wao very impressive blog.i have search it through yahoo.its very amazing.i have online toys store for your kids.c u again

    ResponderExcluir